Kindle Fire, Kindle Touch e Kindle normal: comparativo de David Pogue

Vai Comprar um Ereader? Melhor Esperar uns Meses

Eduardo Melo Simplíssimo Ebooks 8 Comments

O site Gizmodo publicou uma lista com 10 Gadgets que você seria um tolo de comprar agora. Os eReaders e alguns tablets estão na lista, claro. Essa lógica de esperar um pouco, para comprar algo melhor adiante, me impediu até hoje de comprar um iPad… mas neste caso dos eReaders a dica é válida, especialmente para os que usam tela e-ink, cuja tecnologia vai ser tão atualizada, que os aparelhos atuais vão parecer do tempo das vovós:

Existem várias opções de bons eReaders no mercado agora. Por mais que a oferta de eReaders esteja  forte hoje, isso está prestes a ficar muito melhor. A Barnes & Noble acaba de lançar Simple Touch com Glowlight [luz para leitura noturna] e há rumores de que a Amazon está prestes a lançar seu próprio Kindle com iluminação noturna neste inverno [verão, nos EUA].

No entanto, o eReader com luz noturna é só a ponta do iceberg de inovações. Espera-se que a Amazon lance o novo Kindle Fire nesta primavera [outono nos EUA], com melhor resolução e opções de tela maior, como 8,9 polegadas. Abastecida com dinheiro do investimento da Microsoft, a Barnes & Noble certamente irá lançar um novo Nook Tablet em algum momento ainda este ano, com uma resolução maior que 1024 x 600.

Há também um rumor persistente que a Amazon vai lançar um Kindle usando e-ink colorido ainda este ano. A tecnologia já existe, nós já analisamos o primeiro modelo que saiu com a tecnologia, o Ectaco Jetbook Color. Quão mal você se sentiria comprando um Kindle em tons de cinza, só para ver daqui alguns meses um Kindle com luz de fundo, ou uma tela colorida?

Para ver o texto completo aqui: 10 Gadgets You’d Be a Fool to Buy Right Now.

Revolução eBookVai Comprar um Ereader? Melhor Esperar uns Meses

Comments 8

  1. Eduardo, mas esperar para comprar um e-reader e no lugar comprar um tablet é sair perdendo, não dá para comparar os dois, se o seu objetivo é ler, o e-reader é bem melhor. Mas concordo com comprar um e-reader e sair um colorido depois, melhor esperar ver no que a Amazon vai fazer de inovação, se bem que tem outro artigo que disse que este ano ainda não teríamos o kindle colorido. Vamos ver.

  2. Eu comprei mês passado um kindle touch, que foi lançado em novembro do ano passado, aproveitando que um colega do trabalho ia para os EUA. Considerando este cenário, a não ser que a pessoa sempre tenha alguém que viaje pros eua, não vejo tão grande perda pra quem quer apenas um leitor de livros e não tem problema em usar uma luminária ou, como eu, nem lê em casa.

    Mas se der pra esperar, vale sim a pena, como explica nesta matéria.

    Quanto ao Ipad, eu acho o 2 ótimo e agora, com preço menor, melhor ainda. Nem sempre o lançamento é melhor, considerando preço x o que o produto oferece.

  3. Esta “dica” me parece completamente contraproducente. Ora, é a experiência do consumidor que define os rumos do mercado. Se as pessoas não testarem os aparelhos à venda hoje, ¿como a indústria irá saber qual a melhor aposta? Essa espera talvez fosse válida em 2000, quando criei meu primeiro ebook — e também o da escritora Hilda Hilst, de quem fui secretário — para o formato “.rb” do RocketBook. O RocketBook, com tela de cristal líquido, é que é do “tempo das vovós”. Hoje, tenho um Sony Reader PRS350 (com e-ink) e estou pouco me lixando para onde caminha a inovação. Ele já me quebra um galho danado e trago nele toda uma biblioteca. Se os próximos aparelhos serão melhores, e daí? Se um dia for necessário, comprarei outro, ¿mas por que deveria esperar com as mãos vazias?

    1. Concordo, possuo o Kobo primeira geração e depois comprei o LEV da Saraiva. Estou plenamente satisfeito com os dois, o Kobo lê até .mobi e o LEV tem um designer agradável. Tenho lido 3 livros por mês. E para quem realmente quer a leitura, porque gosta de ler, tudo que foi apresentado acima, como luz para leitura noturna (é só deixar a luz do quarto acesa e apagar quando o sono chega) e para ter algo colorido é melhor ir para o tablet brincar, porque leitura de clássicos e boa literatura, não precisa tanto desses recursos !

  4. Partindo desse princípio, ou melhor, destas informações, rumores e percepções, podemos manter acessa a esperança de que aqui no Brasil isso se dará em breve, ou muito em breve?

  5. bobagem esperar eternamente pelo maior e melhor e mais caro. Vai ficar ultrapassado em 6 meses mesmo.

    Desavergonhadamente comprei semana passada um e-reader iriver Story de 2009 que se encontrava encalhado a 260 reais em lojas nacionais. Estou muito feliz, finalmente lendo com conforto ebooks (convertido p/ Epub e sem DRM) do meu kindle reader de meu jurássico smartphone de 2011.

  6. Em questoes de tecnologia “nunca é hora certa para comprar”. E toda hora é a certa dependendo da sua necessidade. Estou enviando este comentário do iPad 1, que dei para minha esposa que não é fã de tecnologia, para ela ficar a vontade em navegar e facebookar… E o mais importante, quase seis anos depois continua fazendo a que veio, apesar de não conseguir instalar as “novas” versões de vários programas… Para ler um bom ePub, desde que a sombra ou dentro de casa, é ótimo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *